Logística reversa

24102018
Share Button
Especialista dá dicas de aplicação da logística reversa nas pequenas empresas

A logística reversa é um processo que viabiliza a coleta e restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, de modo que o material possa ser reaproveitado no ciclo produtivo. Este é um dos vários conceitos que foram introduzidos na legislação ambiental a partir da criação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em 2010.

Considerada um instrumento de caráter econômico e social, a logística reversa é um dos instrumentos para a aplicação da responsabilidade compartilhada determinada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, sendo resultante de um acordo setorial firmado entre o poder público e fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes. Com isso, todos esses setores passam a ser responsáveis pelos produtos e pelo descarte adequado.


O processo de logística reversa consiste na coleta e restituição de resíduos sólidos ao setor empresarial.

Essencial para a construção de uma sociedade sustentável, o processo de logística reversa já é obrigatório em diversos países e tem sido adotada por empresas de todo mundo — que não apenas colaboram com a preservação ambiental, mas acrescentam um maior valor à sua imagem e geram maiores oportunidades de negócio, emprego e geração de renda.

A adoção da logística reversa como parte de seu processo de trabalho não deve se restringir a empresas de grande porte. Na verdade, organizações pequenas e de todos os segmentos devem se preocupar com a coleta, tratamento e descarte adequado de seus resíduos, garantindo uma vantagem competitiva sustentável e reduzindo custos de produção.

Dicas para aplicação de logística reversa em pequenas empresas

De acordo com Nilo Cini Junior, presidente do Instituto de Logística Reversa (ILOG) do Paraná, o ser humano está cada dia mais consciente a respeito da importância de preservar os recursos naturais. Por isso, a tendência é que os consumidores tenham preferência por produtos de empresas que se preocupam com a sustentabilidade e com o pós-consumo.

“É iminente que as empresas que não se tornarem responsáveis por todo o ciclo de vida útil de um produto, vão ficar para trás”, garante o especialista. De olho nessa necessidade de adotar processos de logística reversa, Nilo Cini Junior atua justamente auxiliando instituições de todos os portes a desenvolverem práticas sustentáveis de produção. Confira as principais dicas oferecidas por ele:

Desenvolva embalagens sustentáveis

Uma única embalagem é formada por diversos tipos de material, o que torna os processos de reciclagem e reuso mais complicados. Por isso, é importante que as empresas invistam no desenvolvimento de embalagens com composição mais homogênea e com menor peso.

Aprimore as políticas de gestão de resíduos

Outra etapa essencial para o fechamento de um ciclo de vida sustentável, de acordo com o presidente do ILOG, consiste em fazer com que as políticas de gestão de resíduos se tornem uma realidade. Além de elaborar sua estratégia para recolhimento e tratamento dos resíduos, a empresa deve aprimorar seus processos constantemente, ajustando metas e ações.

Descubra e explore as vantagens de logística reversa

As vantagens associadas à logística reversa são os principais motivadores para que os gestores se dediquem à implantação desse processo. Nesse sentido, vale destacar que esta é uma ação vital para o desenvolvimento sustentável do planeta, para a economia e para o relacionamento da empresa com seus clientes. Isso porque retirar os resíduos do meio ambiente e reintegrá-los ao ciclo produtivo garante uma redução significativa de custos com matéria-prima, além de mostrar que a organização se preocupa com o futuro do planeta.

Dinâmica Ambiental

É possível encontrar diversos tipos de logística reversa praticados no Brasil. A Dinâmica Ambiental é um excelente exemplo de empresa que se dedica ao processo, sendo especializada na área de engenharia reversa e descaracterização de produtos inservíveis. Para conhecer mais sobre esse trabalho, acesse o site da Dinâmica Ambiental.

Fonte: PensamentoVerde

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>